Confira as nossas resenhas: A hora do Lobisomem

A hora, ou duas, do Lobisomem

I Por C. J. Fernandes

I 30 de Outubro de 2017

O mestre Stephen King é conhecido pelos textos longos e pelas construções de personagens com detalhes e sem pressa. Já tinha lido o Iluminado e estava com It em andamento quando um belo dia quis dar um tempo do senhor Bob Gray (Pennywise) e dei uma olhadela em A Hora do Lobisomem. Já tinha assistido ao filme (eu sei, eu sei, mais um filme adaptado de King) que tem o nome de “Bala de Prata”, que é tão antigo quanto o palhaço Bozo. Como sempre, queria comparar o livro com o filme.

Comparações à parte, o livro é dividido em meses, e em cada fase que a lua cheia aparece. É claro que o período não é tão certinho, o autor justifica no final do livro o motivo mas, sendo sincero, nem dá para se preocupar com isso. O que me surpreendeu foi que cada mês, ou seja, cada capítulo é um conto. Tudo envolve uma história central, a do lobisomem e a da cidade, mas a forma que ele conta é magnífica.

King é sucinto! Isso mesmo, Stephen King, aquele mesmo que escreveu It (1104 páginas), economiza nas palavras! Em contrapartida, a riqueza do texto é sensacional, demonstrando a habilidade e técnica ímpar que ele possui, o que o faz realmente, um dos maiores autores do gênero de terror. Não falta nada, temos uma cidade ameaçada por um monstro, um protagonista, vítimas desesperadas e um plot twist daqueles., ou seja, elementos fundamentais de toda excelente história. A cereja do bolo dessa edição são as ilustrações que Bernie Wrightson desenha em cada, capítulo, em cada ataque do lobo. Vale ressaltar o lindo trabalho da editora Suma de letras, com a capa (emborrachada e em alto relevo) e com algumas artes, de desenhistas brasileiros, ao final do livro, onde cada um dá a sua interpretação do livro.

Para quem nunca leu um livro de Stephen King, ou que ler uma obra curta dele (algo raro), vale a pena investir uma tarde, ou uma noite de lua cheia, em A hora do lobisomem.

Título: A hora do lobisomem

Autor: Stephen King e Bernie Wrightson (ilustrações)

Editora: Suma de letras.

Páginas: 152

Sinopse oficial: O primeiro grito veio de um trabalhador da ferrovia isolado pela neve, enquanto as presas do monstro dilaceravam sua garganta. No mês seguinte, um grito de êxtase e agonia vem de uma mulher atacada no próprio quarto. Agora, a cada vez que a lua cheia brilha sobre a cidade de Tarker’s Mill, surgem novas cenas de terror inimaginável. Quem será o próximo? Quando a lua cresce no céu, um terror paralisante toma os moradores da cidade. Uivos quase humanos ecoam no vento. E por todo lado as pegadas de um monstro cuja fome nunca é saciada. Um clássico de Stephen King, com as ilustrações originais de Bernie Wrightson.

Uma criatura chegou a Tarker’s Mills, tão sorrateira quanto a lua cheia presidindo o céu noturno”…”A hora dele é agora, o lugar dele é aqui, nesta pequena cidade do Maine, onde jantares de caridade na igreja são um evento semanal, onde garotinhos e garotinhas ainda levam maçãs para as professoras, onde as Excursões na Natureza do Clube dos Cidadãos Idosos são religiosamente relatadas no jornal semanal. Semana que vem, haverá notícias de natureza mais sombria. “

Sobre o autor: É autor de mais de cinquenta livros best-sellers no mundo inteiro. Os mais recentes incluem Revival, Mr. Mercedes, Escuridão total sem estrelas (vencedor dos prêmios Bram Stoker e British Fantasy), Doutor Sono, Joyland, Sob a redoma (que virou uma série de sucesso na TV) e Novembro de 63 (que entrou no TOP 10 dos melhores livros de 2011 na lista do New York Times Book Reviewe ganhou o Los Angeles Times Book Prize na categoria Terror/Thriller e o Best Hardcover Novel Award da Organização International Thriller Writers). Em 2003, King recebeu a medalha de Eminente Contribuição às Letras Americanas da National Book Foundation e, em 2007, foi nomeado Grão-Mestre dos Escritores de Mistério dos Estados Unidos.

Ele mora em Bangor, no Maine, com a esposa, a escritora Tabitha King.

Onde encontrar o melhor preço: www.livrariacultura.com.br

Leave a Reply

Your email address will not be published.